Impostos no Brasil: arrecadação recorde e pouco retorno

Cuidado! Este simples café contém 37% de impostos

Cuidado! Este simples café contém 37% de impostos

O Brasil é um dos campeões mundiais em cobrança tributária. Está em terceiro lugar no ranking dos países que mais cobram impostos sobre a economia, de acordo com matéria da Revista Exame.

Na teoria, se um país recebe muito do povo – como é o caso da Suécia, onde 58,2% do dinheiro fica com o governo -, devolve-o na forma de serviços de qualidade: boas escolas, hospitais, segurança pública e outros.

Países que possuem os maiores impostos do mundo (para pessoa física):

Suécia – 58,2%

Alemanha – 51,2%

Espanha – 35,2%

EUA – 46,1%

Japão – 45,5%

(…)

11º Brasil – 27,5%

Fonte: www.mundoestranho.com.br

O que eles têm em comum? Todos são de primeiro mundo, com elevado nível de ensino, saúde e segurança. Muito diferente do que ocorre no Brasil.

Exemplo de nota fiscal dos EUA

Impostos na nota fiscal: transparência

Impostos na nota fiscal: transparência

Veja esta nota fiscal da Starbucks, empresa que vende café. Os impostos – TAX – aparecem no demonstrativo, assim os norte-americanos sabem quanto estão pagando por cada coisa que consomem. Se fosse no Brasil, com o cafezinho custando R$ 3,50, pagaríamos R$ 1,30 somente de impostos, considerando retenção de 37%.

Reforma tributária: por que ela não sai do papel?

Em projeto desde 1995 (!!!), a reforma tributária prevê a simplificação e desburocratização do sistema tributário brasileiro, reduzindo o número de tributos.

Há privilégios de isenções, por exemplo, para aqueles que abrem igrejas ou ONGs, além das regalias por estado ou federação (por exemplo, quem abre uma empresa no interior paga menos imposto que em São Paulo), enquanto a maioria da população, principalmente as pessoas jurídicas, paga impostos elevadíssimos.

Baixando os impostos de TODOS, a arrecadação aumentaria, segundo Antoninho Marmo Trevisan, autor do livro “Empresários do Futuro”, pois mais pessoas deixariam de sonegar e muitas empresas se credenciariam, para sair da marginalidade.

Arrecadação: recorde atrás de record

R$ 685.675 bilhões – valor arrecadado em 2008. Representa um aumento de 7,68% em relação a 2007. Cadê o nosso dinheiro?

3 respostas para Impostos no Brasil: arrecadação recorde e pouco retorno

  1. Nitya Rios disse:

    Pois é Kathia, o imposto tem aumento elevado, e a educação, saúde e moradia continuam de mal a pior. Lamentavelmente, este é o nosso Brasil.

  2. Jenifer disse:

    Posha porke td issso assim keim sofre sou eu pois lanço notas fiscais de um supermercado . imagina?? ! tanto trabalho pra quase nadaa!

  3. Francisco Marcelo disse:

    Vocês reclamam de barriga cheia, morei na Espanha 6 anos, e lá as coisas estão muitooooo pior que o Brasil em todos os aspectos, tanto que faz 2 semanas estou de volta ao Brasil e já me estabilizei de novo. Não falem besteira!!! Reclamar sem saber é muito fácil!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: