Cota para negros agora na São Paulo Fashion Week

Bruna Tenório e Emanuela de Paula: modelos famosas que se encaixam na "cota"

Bruna Tenório e Emanuela de Paula: exemplos de sucesso, mesmo sem "cota"

A empresa responsável pela organização do São Paulo Fashion Week assinou ontem um acordo com o Ministério Público.
Com isso, em todos os desfiles deve haver um mínimo de 10% de modelos negros, afro-descendentes ou indígenas.
Em caso de descumprimento do contrato, a empresa levará multa de R$ 250 mil.
A promotora Deborah Affonso afirma que a medida é promove a “inclusão social”.

Com informações do Metro.

Inclusão social

Segundo a Agência Brasil – órgão de notícias do governo -, 800 mil jovens com idade até 24 anos estão desempregados. O país precisaria crescer de 6 a 7% para absorvê-los no mercado de trabalho. Isso sim seria inclusão social.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: