Will Smith em duas versões

Will Smith, o ex-Maluco no Pedaço, é um ator fantástico. Tê-lo num filme é garantia de muitas verdinhas no bolso dos estúdios hollywoodianos.

eu-sou-a-lendaEu Sou a Lenda – Olha, se eu fosse crítica de cinema, dava nota 2 pra esse filme. E por causa da atuação de Will, e do cachorro K9, somente. O filme é um genérico from hell de Resident Evil, no qual ele interpreta um doutor que tenta achar a cura para um vírus que matou uma porrada de gente.

O filme é monótono, cheio daquele clichê de mesclar flashbacks ao tempo real. Em várias cenas, lembrei muito do filme Náufrago, no qual o Tom Hanks tinha a companhia da simpática bola Wilson

Alice Braga, a brasileira sobrinha de Sonia Braga, aparece bem pouco, naquela hora em que você pensa: “não acredito que gastei dinheiro com essa m…” e está quase levantando da poltrona pra dar um stop no controle do DVD.

 

sete vidasSete Vidas – aqui, Will Smith vive Ben Thomas, um homem depressivo que se culpa por um acidente. Em meio ao caos em que se encontra, ele descobre uma maneira de mudar sete vidas.

O filme é lindo, aliás, é bom assistir com um pacotinho de lenços por perto. A angústia do ator principal é algo que Smith soube passar para a plateia como ninguém. O problema é que a mensagem do filme é passada em todo o longa, o que pode tornar o final previsível para os mais atentos.

Vai Wiiiillllllllllllll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: