Profissão mendigo – parte 2

NÃO DÊ ESMOLA!

NÃO DÊ ESMOLA!

Já foi publicado no blog um post sobre nossa indignação com os pedintes de São Paulo. E outro sobre a situação crítica no bairro da Liberdade. Mendigos, crianças, trombadinhas. Em meio às ruas imundas e fétidas, todos tentam uma vaguinha nas movimentadas esquinas que cruzam a Avenida da Liberdade, em busca de tirar umas moedinhas dos estudantes, trabalhadores e pessoas que passam pelo local.

Essa cidade me envergonha nestes aspectos, pois as autoridades não fazem absolutamente nada para tirá-los das ruas, e as pessoas continuam distribuindo moedinhas.

O fato é que os pedintes, que em 93% dos casos – isto mesmo, 93% dos casos! – não precisam das suas moedinhas, e muitas vezes, tiram por mês muito mais do que o seu suado salário.

Não costumo ajudar com dinheiro aos que pedem. Tentei ajudar com comida, que foi recusada. Ontem a situação chegou ao limite. Um pedinte me abordou em frente à Ikesaki (Av. da Liberdade) e começou a contar uma história…

– Com licença minha senhora, a bolsa da minha esposa estourou, levei ela ali no Hospital Bandeirantes e preciso pegar um táxi…

– Espera aí. Eu estudo aqui perto! Semana passada você me contou a mesma história!

– Foi alarme falso!

– Ah, vai trabalhar! – Gritei.

Os demais pedintes da avenida riram da situação. Foi ridículo. Um idiota – em plena forma física -, que prefere dinheiro fácil a trabalhar, tentando me enganar com essa história.

A Veja S. Paulo publicou uma reportagem muito interessante sobre o assunto. Clique aqui para ler.

NÃO DÊ ESMOLA!

Anúncios

One Response to Profissão mendigo – parte 2

  1. Laurye Borim disse:

    hahahahha
    cada uma ne rsrsrsrrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: